COXIM DE MOTOR: Você sabe identificar quando a peça está danificada?

O que é o coxim de motor?

Essa é a peça responsável pelo isolamento acústico e vibratório do motor. Para cumprir essa função, na maioria dos automóveis, os coxins são compostos por uma combinação de alguma liga metálica, borracha e vinil.

O coxim do motor é responsável por impedir que o seu carro seja uma “batedeira” ambulante, com trepidações, ruídos e desconforto ao longo do deslocamento. E é justamente por isso que é fácil identificar problemas relacionados a uma peça com sintomas tão evidentes.

Como identificar problemas no coxim do motor?

Com o tempo, os coxins podem ressecar e ganhar rachaduras, perdendo sua capacidade de manter o motor silencioso e “discreto”.

Sendo assim, você deverá avaliar se o seu veículo conta com algum destes sintomas, listados a seguir:

  • vibração excessiva no motor, manopla do câmbio e/ou no assoalho, mesmo quando o veículo está parado;
  • dificuldade/resistência no engate das marchas;
  • barulho alto no motor, durante as arrancadas;
  • balanço excessivo da alavanca do cambio em arrancadas e freadas e passando por terrenos irregular podendo até a “escapar” a marcha.

Qual o período para a troca dessa peça?

Esse tempo é relativo, pois varia de acordo com a frequência de utilização do veículo. Em uma estimativa geral, recomenda-se a substituição a cada três anos. No entanto, perceba que não é apenas a frequência que determina o desgaste.

Afinal, existem motoristas que conduzem de maneira um tanto agressiva, com acelerações vigorosas a toda saída de sinal, “atropelando” lombadas e buracos como se estivesse dirigindo um jipe militar. Esse tipo de uso extraordinário também provocará um desgaste fora do normal, exigindo uma troca prematura por conta do desgaste acelerado. 

Como evitar o desgaste?

Felizmente, existem algumas práticas que podem prolongar a vida útil dos coxins em seu veículo. Veja:

  • evite acelerações bruscas, sobretudo em saídas inclinadas, como aclives, lombadas, rampas e afins;
  • mantenha o kit de suspensão original, evitando a instalação de suspensões esportivas, com menor altura em relação ao solo;
  • dirija na velocidade compatível com a condição da rua ou rodovia.

De maneira geral, manter o veículo nas condições originais contribui na extensão da durabilidade dos coxins.

Agora que você aprendeu um pouco mais sobre o coxim do motor, saberá identificar melhor quando a peça estiver danificada. Além disso, ficará mais fácil explicar os sintomas do problema para seu mecânico, certo? 

Frank

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.